Aproveitar o Aqui e Agora nas refeições

Estou lendo um livro muito interessante de um Lama Budista que tem me trazido alguns insights que pretendo compartilhar com vocês aqui no Post Blog.

Eu admito que ainda não conclui a leitura do livro, estou lendo este aos poucos, até mesmo porque a quantidade de coisas que preciso fazer durante os dias é grande, e o tempo que me resta, principalmente para leitura é pouco, mas prometo que está dica que vou dar abaixo é de grande valor.

Aproveitar o Agora nas Refeições

As refeições são muito importantes não é mesmo? Comer, nos nutrir é o que nos mantem vivos.
Eu adora comer, mas muitos dos anos da minha vida sentado na frente de um computador me fez aprender a fazer refeições enquanto presto atenção em outras coisas, sejam vídeos, ou textos, ou até mesmo coisas relacionadas a trabalho. Acontece que ao fazer isso, acabei desperdiçando algo muito importante.

No livro o Lama Surya fala sobre a importância de aproveitar o momento. Estar de mente e consciência presente no que você está fazendo. No caso das refeições, muitas vezes, principalmente no meu caso, só queria comer algo gostoso e rápido para poder voltar a fazer o que estava fazendo, ou ir fazer algo que tinha de ser feito. Acaba ao longo dos anos se tornando rotina, só comer, para não ficar com fome. Sem prestar a mínima atenção para a refeição em si. Acontece que o momento de comer é um momento digamos que “sagrado”, afinal, estamos nutrindo nosso corpo, estamos fazendo uma coisa muito incrível, resultado de milênios de evolução, estamos transformando algo em energia que irá nos manter vivos. É algo fundamental, a alimentação, mas quanta atenção damos a ela? Não digo nem em termos de o que comemos, afinal, não existe uma dieta ideal para todos, enquanto uns vivem felizes comendo Vegan, outros são felizes comendo churrascos. A questão aqui é na verdade o treino, o hábito de manter o foco da nossa percepção no que estamos fazendo, que neste caso é comer.

É muito interessante iniciar esta prática, focar no alimento, focar na ação de ingestão de alimento. Saborear cada mordida, cada mastigada de um alimento, seja ele qual for.
Prestar atenção na textura, no sabor que vai ficando diferente ao longo do processo de mastigação.
Você consegue ficar 100% atendo aos seus sentidos de degustação enquanto está ingerindo algum alimento? Este é o real desafio.  No livro o Lama fala em saborear uma Uva passa com cem mastigadas. Achei muito interessante esta visão dele, de saborear, ao máximo. Extrair daquele momento, o máximo e viver nele, viver presente naquele momento, naquele ato de se nutrir, sem pensar em outras coisas, nem dar atenção para outras coisas, mas apensa focar no seu momento de nutrição.

Experimente, na próxima vez que fizer uma refeição, evite ficar de papo furado, prestando atenção em outras coisas, e foque no que você está fazendo, mastigue devagar, saboreie o alimento. Aproveite esta incrível ferramenta de degustação que temos, onde podemos sentir os gostos diferenciados, perceba o sabor, sinta seu corpo sendo nutrido. Sinta o alimento entrando em seu corpo, depois de engolido, perceba ela sendo digerido. Torne este momento mais importante nos seus dias, torne a alimentação uma parte da sua existência de forma positiva.

Eu gostei muito desta visão, e apesar de ter real dificuldade de ficar concentrando no que estou fazendo no aqui e agora, durante uma refeição, estou aos poucos buscando aprimorar. Espero que tenha te inspirado  com esse texto.

 

Comentários

Ricardo Cury

Desenvolvedor de websites desde 1998. Diretor de negócios da Delta Design, autor de conteúdo no RGSTur, Desenvolvedor do Revista Internet, Webmaster no O Café, desenvolvedor do Turismo de Compras, videomaker, produtor e criativo em diversos projetos web. I LOVE INTERNET