O que é presença digital

Estar presente na Internet é importante, praticamente inevitável, porém saber se posicionar online é algo que muitas pessoas tem dificuldade em compreender. São muitos sites e redes sociais que pedem que você publique tudo que acontece com você em sua vida e as terminologias destes sites nem sempre ajudam a entender corretamente o que está de fato acontecendo.

Perfil Pessoal

Este é um termo que vemos muito pelas redes sociais, porém, os perfis “pessoais” das redes sociais não são exatamente pessoais no sentido que muitos interpretam. Portanto a forma como você se posiciona em um perfil “pessoal” nas redes sociais pode interferir em aspectos comerciais e profissionais.
Vou dar um exemplo: Recentemente um advogado postou comentários racistas em seu perfil pessoal, o resultado foi a perda do seu emprego.
Apesar da opinião racista do advogado ser pessoal, independente de ser correta ou errada, é pessoal, mas o perfil “pessoal” do advogado na rede social, não é tão pessoal como o nome sugere.
(não vou entrar no mérito de quanto ignorante e desconhecedor de fatos uma pessoa precisa ser para ter uma crença onde cor de pele humana é um fator para pensar menos de outros humanos).

O termo pessoal na Internet tem uma conotação diferente, ela se refere ao fato de tratar sobre uma pessoa, coisas relacionadas a esta pessoa, pessoa que ela conhece, locais que ela frequenta, e até mesmo posicionamentos políticos, entidades, etc.
Tudo gera dados que podem se transformar em pontuação.

Fato vs Opinião

Os perfis pessoas são um ótimo veículo de opiniões infundadas em fatos, como citei o caso do racismo acima, qualquer pessoa desinformada pode acabar disseminando ideias retrogradas, ou se vincular com opiniões que estão do lado oposto do factual.
Enquanto isso atua no âmbito pessoal, numa conversa na sala de jantar com a família, os pensamentos antigos do “vovô” podem ser inofensivos, mas quando passam para o âmbito do perfil “pessoal” online, podem se tornar um problema para toda a família.

O importante de tudo isso é entender algo muito importante: Fatos são muito mais relevantes do que opiniões infundadas. Quanto menos factual são as informações que uma pessoa se vincula digitalmente, menos relevante se torna sua presença digital.
Uma pessoa que divulga apenas teorias de conspirações, ideias que são desprovidas de fatos, acaba gerando uma presença digital nociva na Internet, prejudicando outras pessoas.

Presença Digital é Vinculo

Não se engane em pensar que tudo que você faz digitalmente não tem repercussão, pois tem. Cada grupo, cada contato, cada conteúdo com o qual a pessoa se envolve gera um vínculo direto entre a pessoa e aquela informação, seja ela qual for. Se for um local, uma pessoa, uma ideia, o compilado destas informações podem, e serão cada vez mais verificados por inúmeros tipos de instituições. Escolas, governos, delegacias, etc.
Portanto, é importante entender que ao compartilhar por exemplo uma notícia falsa ou que não há fatos que corroborem ao ponto de vista, a pessoas está minando sua credibilidade no mundo digital de uma forma muito mais destrutiva do que naquela conversa informal na mesa de jantar.

A crítica do Falso Online

É muito comum vermos críticas de pessoas que estão sempre unicamente postando seus melhores momentos online, e deixando de fora seus problemas, mas isso não é totalmente irracional.
O perfil “pessoal” digital é na verdade um perfil público, embora o nível de “publico” pode ser controlado, mesmo assim o que é distribuído ali é acessível para alguém.
Vemos pessoas que fazem questão de postar seus sucessos, suas conquistas online porque elas sabem que ao serem vistas em momentos de conquista, com frequência, induz outras pessoas a interpretarem isso como sucesso, abrindo mais oportunidades. Isso se chama Marketing Pessoal, saber se divulgar de forma digital de maneira favorável a ilustrar o lado positivo da atuação profissional.
Então, não se trata exatamente de pessoas sendo falsas online, mas sim de pessoas mantendo privado seus fracassos, e expondo suas vitórias.

Não se pode é claro ficar muito paranoico em relação a presença digital, mas é sempre muito bom poder ter objetivos definidos com sua intenção de se colocar presente na Internet. Não é fácil olhar para a sua presença digital com esse olhar crítico, mas é fundamental ter consciência destas nuances do mundo digital para ter melhor proveito das oportunidades que estar digitalmente presente e conectado pode te proporcionar.

 

Comentários

Ricardo Cury

Desenvolvedor de websites desde 1998. Diretor de negócios da Delta Design, autor de conteúdo no RGSTur, Desenvolvedor do Revista Internet, Webmaster no O Café, desenvolvedor do Turismo de Compras, videomaker, produtor e criativo em diversos projetos web. I LOVE INTERNET