Periscope

Está noite testamos o Periscope, minha gatinha e eu. Foi divertido, principalmente para nós. Acho que quem entrou e viu a gente rindo nem entendeu muita coisa.
O que me chamou atenção no Periscope é a quantidade grande de pessoas conectadas utilizando a ferramenta. Ficamos online por uns 15 minutos, e neste tempo entraram mais de 20 pessoas na transmissão. Como a gente estava apenas rindo e falando bobagem as pessoas foram saindo, mas algumas até ficaram.  Porém não deixa de ser interessante perceber a capacidade grande do Periscope de gerar publico e atrair público para todas as transmissões.

Periscope

Ferramenta muito favorável para comunicação massiva!

Em termos de Brasil, muitos canais de oração, alguns canais de “aulas de cursinho” e bastante gente em casa ou na rua se divertindo online interagindo com as pessoas.
Outra coisa que você vai rapidamente perceber é que tem muita gente que toca violão.

O  Periscope merece os parabéns  na forma como consegue integrar o vídeo com o chat no mobile.  Os vídeos carregam rapidamente geralmente, e o stream é no geral continuo, funciona muito bem e a qualidade de imagens é equivalente a um vídeo de qualidade media no Facebook.
Com relação a antigas ferramentas como o Twitcam, que chegavam a um número alto de usuários e caiam ou travavam, pelo que pude perceber o Periscope aguenta volume bem. Entrei em chats com mais de 2 mil pessoas e estava fluindo tudo perfeitamente bem. Seja o que for que fizeram, a codificação dos vídeos está muito boa.

O transmissor pode tirar snapshots do vídeo que então são compartilhados e as pessoas podem retuitar e compartilhar e atrair ainda mais pessoas para a transmissão.
Tem também a opção de tocar na tela para gerar um coraçãozinho que aparece na transmissão para todos, inclusive para a pessoa que está transmitindo.

Tem a opção de deixar o vídeo online depois de encerrar a transmissão permitindo que todos assistam o que rolou.

Qualquer pessoa na sala de chat pode ajudar a moderar a conversação. Basta clicar no post do chat que você achou ofensivo e reportar. Depois disso, os demais membros da sala de chat podem votar. A pessoa autora da transmissão também pode banir e bloquear pessoas, dando um certo controle.

Só sei que foi divertido fazer o meu primeiro Periscope com a gatinha e acho que vamos fazer mais, só quem ficar ligado no meu Twitter pra pegar na hora que rolar.

Pra quem quiser anotar e me seguir la: https://www.periscope.tv/ricardocurylopes

Consigo visualizar o Periscope rendendo muita media em breve, é só uma questão de mais pessoas aderirem, e principalmente pessoas que produzem conteúdo começarem a participar mais da ferramenta. O Periscope tem uma ótima capacidade de comunicação e transmissão e deve ser acompanhado de perto.

 

Comentários

Ricardo Cury

Desenvolvedor de websites desde 1998. Diretor de negócios da Delta Design, autor de conteúdo no RGSTur, Desenvolvedor do Revista Internet, Webmaster no O Café, desenvolvedor do Turismo de Compras, videomaker, produtor e criativo em diversos projetos web. I LOVE INTERNET